Recomendações

(10)
Luciano Leite Galvão, Contador
Luciano Leite Galvão
Comentário · há 2 anos
Para os Pejotizadores de plantão: (usei eu como referência)

Pessoa jurídica não tem direito a férias, 1/3 de férias, 13º e nem 8% de FGTS. Se você abrir um MEI para prestar serviço para seu patrão você perde uma boladinha para pagar uma guia de R$ 53,70 ou R$ 48,70 na qual não te dá o direito de aposentar por tempo de contribuição, porque a guia do MEI destina apenas 5% do salário mínimo para o INSS e você precisaria completar com mais 15%.

No meu caso o meu chefe paga 2.600 e se eu fizesse isto aconteceria isso:

Perco:
2.600,00 do 13º
866,66 do terço de férias
2773,33 de FGTS
e pago ou perco
2.361,60 de guia DAS mais 15% de complemento sobre salário mínimo

Total de abertura: R$ 8.601,59

No total eu abro mão de R$ 8.601,59 para receber os meus R$ 31.200,00 por ano bruto como prestador de serviço.
Pagando o mei e o complemento ficam: R$ 28.838,40 líquido por ano.

MEI é Pessoa Jurídica e Pessoa Jurídica é considerado patrimônio econômico (o contrário de gente), ou seja, você é tratado como tudo aquilo que você tem e sabe fazer para prestar um serviço. Ignora-se a pessoa humana.

Enquanto que empregado é uma pessoa humana e portanto considerada como gente.

Pessoa Jurídica é união de patrimônio com finalidade econômica e regido pela organização da lei. Não é gente. (as pessoas não explicam isso)

Como empregado eu recebo R$ 33.800,00 incluso 13º e se eu tirar férias ficam R$ 34.666,66. Sem contar que eu
contribui para a previdência sobre R$ 2.600,00 e com apenas 9% do meu salário num total de R$ 3.189,33 por ano de contribuição.

No mei eu contribuiria sobre o salário mínimo e seriam R$ 2.361,60 por ano de contribuição.

Como empregado eu abro mão apenas da contribuição de R$ 3.189,33 e ganho líquido: R$ 31.477,33 pagos no mês e na hora, sem considerar a minha poupança futura de 8% do FGTS que dão R$ 2.773,33 por ano.

O líquido como empregado dá o total de R$ 34.250,66 sem contar juros do FGTS e a possível demissão sem justa causa que dá mais a multa de 40% sobre o que estiver depositado.

Empregado Líquido R$ 34.250,66
MEI Líquido R$ 28.838,40

Perda R$ 5.412,26

Representa 15,80191447% de perda salarial com a opção por prestar serviço para o meu chefe.

Se você abrir mão de ser empregado precisa estar ciente que você abre mão de pelo estes 15% de receita empregatícia. E agora sem o sindicato imagine como fica a questão do aviltamento da mão de obra:

Você faz por 1 mil vem outro e diz que faz por 500 e ai?

Vamos pejotizar?
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

Outros perfis como Jônatas

Carregando

Jônatas Lima

Entrar em contato